Independe da Criação

J é um rapaz de classe média-baixa. Família tradicional e conservadora. O pai é um trabalhador aguerrido e bronco. A mãe é uma autêntica dona de casa que cria os filhos entre mimos e esporros. J ainda possui uma irmã, totalizando quatro membros na família.

A mãe de J sempre criou o filho homem como um homem realmente deve ser criado. Isso implica que os afazeres domésticos sempre sobravam para a irmã ajudar.

Logo, isso fez com que a garota fosse a rebelde da família, sempre protestando contra as injustiças machistas de sua mãe.

Num determinado dia, ela acabara de lavar e secar a louça e foi estudar. Continuar lendo