A FÍSICA DA MÚSICA

Por Carlos Eduardo Hypólito

Como é possível se produzir sons com pedaços de madeira? Ou então com cordas? Por que e como conseguimos distinguir um som agradável de um desagradável?

Quem nunca se maravilhou ao ouvir uma sinfonia de Beethoven, ou então o Réquiem de Mozart, e por que não um belo clássico do rock? Na modesta opinião deste que vos escreve, os melhores então são os que conseguem combinar a música erudita com o bom e velho rock’n roll!


Mas, como é de minha natureza tal tipo de análise, visto que sou professor de Física, podemos nos maravilhar também com todo o processo de formação dos sons, a física da música. Continuar lendo

Fomentando sem querer – A 1ª vez não dá pra esquecer!

Essa história é dedicada aos “novos” adolescentes, criados a leite com pêra! Que possuem acesso fácil ao redtube, xvideos, pornotube… Cuja adrenalina mais forte foi entrar na internet de madrugada sem que os pais soubessem! Ou apertar “alt+tab” para mudar a página quando alguém entrou no quarto sem bater…
Que talvez não tenha sentido a sensação de dizer “piu”, bem baixinho, logo após um de seus pais falar: “Nem mais um piu!”.

Década de 90…

Lá estava Felizpeto (como carinhosamente a mãe o chamava) aflorando sua sexualidade, obtendo desejos estranhos, por quem, outrora, era tal como rival: MENINAS! Para ser mais específico, mulheres mais velhas, cujos seios já eram crescidos.
Continuar lendo